São Paulo é o segundo destino mais visitado por estrangeiros a lazer

O Ministério do Turismo divulgou o perfil do viajante estrangeiro que visitou o Brasil, no ano passado. O estado de São Paulo recebeu 2,21 milhões de estrangeiros em 2014, sendo que na capital, os turistas argentinos (16%), americanos (12%) e chilenos (6%) representam a maioria dos visitantes.

A vinda do estrangeiro foi motivada especialmente pelos negócios (48%), o que gerou gastos médios diários de US$ 160 na capital, em uma média de permanência de sete dias. O lazer, no entanto, atraiu 23% dos visitantes à capital no ano passado, ganhando duas posições: à frente de Florianópolis e Foz do Iguaçu e atrás apenas do Rio de Janeiro.

Hotéis, flats e pousadas ainda são os principais meios de hospedagem e receberam 61% do público estrangeiro que visitou a capital, seguido pela casa de amigos e parentes (29%). Para se informar sobre a viagem, os visitantes usaram principalmente a internet (32%) e dicas de conhecidos (26%). Os restaurantes receberam avaliações positivas de 96% dos estrangeiros e a hospitalidade foi elogiada por 97% dos turistas.

A pesquisa Demanda Turística Internacional, feita pelo Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), ouviu 44.080 estrangeiros em todo o país, mais de 10 mil apenas durante a Copa do Mundo. O levantamento foi realizado em 15 aeroportos e 10 pontos de fronteiras terrestres, que representam mais de 90% do fluxo terrestre internacional.