​Boeing pode lançar nova aeronave para competir com Airbus A320neo

Uma lacuna entre a família 737 e 787 que precisa ser preenchida! Este é o desejo da Ray Conner, presidente da Boeing Commercial Airplanes, ao revelar a toda a sua equipe, durante webcast realizado nesta quarta-feira (11), que a Airbus vem “roubando” ordens de encomendas dos 737s com o novo A321neo, aeronave que entrou em cena este ano pelas asas do Grupo Lufthansa. De acordo com Conner, a Boeing precisa decidir rapidamente se lançará ou não uma nova aeronave que preencha este “gap”.

1-index

O webcast realizado nesta quarta (11) deixou investidores, trabalhadores e diretores da Boeing de “cabelo em pé”. Um dos empregados que participou da transmissão via internet, afirmou que enquanto Conner demonstra o desejo de responder à altura o novo lançamento da Airbus, um lançamento formal de uma nova aeronave provavelmente não aconteceria este ano. O mesmo “gap” foi traduzido pelo diretor de Marketing da Airbus das Américas, Simon Pickup, em conferência em Lynnwood, ao afirmar que a Boeing não teria aeronaves capazes de competir com o A320neo.

Esta ideia de lançar uma nova família de aeronaves não é de hoje! Desde 2012, a Boeing já vem identificando essa lacuna entre o 737 MAX 9 e o 787-8 Dreamliner, e depois de longos anos de discussão um consenso foi criado: é preciso criar uma aeronave que tenha até 20% a mais de alcance e capacidade se comparado com o B757-200, lançado em 1983.

A própria Boeing, durante o Paris Air Show no ano passado, afirmou que estuda a possibilidade de criar uma aeronave conhecida como “middle of the market”, com até 280 assentos e capacidade que chegaria a 8,000km. No entanto, um novo programa não é esperado pelo menos até 2018.