Aeroporto Santos Dumont inaugura obras de R$ 57,5 milhões para Rio 2016

Aeroporto Santos Dumont inaugura obras de R$ 57,5 milhões para Rio 2016

O ministro da Aviação, Guilherme Ramalho, realizou na manhã desta quarta-feira, dia 24, uma visita técnica ao Aeroporto Santos Dumont onde, acompanhado de autoridades promove uma vistoria das obras do terminal de passageiros. O ministro entregou oficialmente as obras de reconstrução do pátio de aeronaves e de reforma da área comercial no 2º pavimento do terminal de passageiros. Foram investidos R$ 57,5 milhões – R$ 46,5 milhões no pátio e R$ 11 milhões no 2º pavimento. O presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Gustavo do Vale, acompanha o evento.

Foto_SBRJ

Além de entregar as obras, o ministro visitou a ampliação da área comercial do aeroporto, que proporcionou aos passageiros e aos moradores do Rio um novo espaço de convívio na cidade. Com a ampliação do aeroporto, o Rio passou a contar com um novo hotel e um novo espaço comercial com muitas lojas e potencial para crescer. O hotel tem 300 apartamentos, centro de convenções para 800 pessoas, um business center com mais de 4.000 m² e estacionamento com 250 vagas, três restaurantes. Vinte e três lojas já estão funcionando na nova área.

“O novo Santos Dumont oferece elevado nível de conforto ao passageiro e ao morador da cidade, que agora pode aliar compras e prazer numa das paisagens mais bonitas do mundo”, afirma o ministro. Guilherme acredita que a expansão comercial do aeroporto aliada à sua localização privilegiada, com a Baía de Guanabara de um lado e o centro da cidade de outro, vai tornar o Santos Dumont um espaço de convivência disputado na cidade.

Além da visita a esta nova área de expansão do aeroporto, o ministro entregou a obra de reforma do 2º piso da área de embarque, que possibilitará a ampliação da praça de alimentação do aeroporto, com a abertura de 12 novas lojas. Já foram entregues, como parte da reforma, quatro banheiros – dois deles para pessoas com deficiência.

Novo Pátio

O novo pátio ganhou uma nova posição de desembarque remoto (quando a aeronave efetua procedimentos de embarque/desembarque sem auxílio de pontes). O Santos Dumont passa a ter 22 posições: oito assistidas por pontes e 14 remotas. A reconstrução de 75,3 mil m² do pátio foi executada em dez etapas, planejada para reduzir o impacto na operação aeroportuária. O antigo revestimento do pátio foi totalmente demolido. A nova estrutura foi reforçada, foi implantado um novo sistema de drenagem de solo e aplicado novo pavimento de concreto, além de sinalização horizontal.

“Esta é uma obra que impacta positivamente toda a operação de embarque e desembarque no aeroporto”, avalia o ministro. Essas obras fazem parte de um conjunto de investimentos que o governo vem fazendo no aeroporto nos últimos cinco anos. No total, foram investidos R$ 81 milhões neste período, incluídas as obras a serem entregues nesta quarta. Nos próximos 25 anos, também estão previstos investimentos de R$ 240 milhões pelo concessionário da área nova do aeroporto. “Esses investimentos reforçam a nossa previsão de que o aeroporto se tornará um espaço privilegiado de convivência na cidade e demonstram que a parceria público-privada é boa para o cidadão”, afirma Guilherme.

Acessibilidade

Nesta terça, o Santos Dumont também recebeu a visita do Subcomitê de Acessibilidade (SAC, Secretaria de Direitos Humanos, ANAC e Casa Civil/PR) encarregado de averiguar as condições de acessibilidade no aeroporto. Desta vez, o subcomitê foi verificar a implementação das sugestões apresentadas na visita de julho do ano passado. Em maio, haverá um novo simulado de acessibilidade, com a participação de cadeirantes, empresas aéreas, Infraero, Subcomitê de Acessibilidade, Comitê Rio 2016 e comunidade aeroportuária.

Planejando a próxima viagem? Faça sua cotação para ingressos para todos os parques de Orlando e chip internacional 4G ilimitado para a sua próxima grande aventura. Ah, também temos um grupo para Orlando em 2018 que você pode viajar junto com a gente.