6 dicas imperdíveis para explorar Santiago e arredores

6 dicas imperdíveis para explorar Santiago e arredores | Um bilhete, por favor. 3

Sob os pés da Cordilheira dos Andes, Santiago mistura um certo ar europeu com um toque latino. Em 2015, o Chile recebeu 460 mil brasileiros que foram conhecer os pontos turísticos do país, tenho a capital como a porta de entrada para explorar o país. Além da própria cidade, cheia de atrativos, seus arredores são repletos de destinos interessantes, todos muito próximos. Prédios históricos bem conservados, vinícolas, mirantes, bons restaurantes, museus, o Oceano Pacífico de um lado e a Cordilheira dos Andes do outro são algumas opções do que fazer em Santiago e cercanias. Confira abaixo:

Plaza de Armas e Mercado Central

A Plaza de Armas é considerada o “Coração de Santiago”, pois foi a partir dela que a cidade se desenvolveu. Além da sua beleza, da Plaza podem ser vistos alguns dos principais edifícios históricos da capital: o Palácio Presidencial de La Moneda, a Catedral Metropolitana, o prédio da prefeitura de Santiago, o Correio Central, a Casa Colorada, o Museo de Santiago, o antigo prédio do Congresso Nacional, a Real Casa de Aduanas, o Museu Pré-Colombiano, o Tribunal de Justiça, o Palácio da Corte Real e o Museu Histórico Nacional. A 600 metros da Plaza de Armas está o Mercado Central, onde o turista tem a possibilidade de conhecer as diversas cores, sabores e a iguarias do Oceano Pacífico que banha o país de norte a sul. Declarado Monumento Nacional em 1984, esta área é utilizada para o comércio de produtos desde 1817.

Cerro San Cristobal, Bellavista e Casa de Pablo Neruda

O Cerro San Cristobal é o ponto ideal para avistar a cidade de Santiago com a Cordilheira dos Andes ao fundo. A 880 m de altitude, é sede do santuário e da estátua da Virgem de la Imaculada Concepción. Situado no bairro boêmio de Bellavista, bem próximo ao centro da cidade, o local pode ser acessado a pé, de carro ou pelo funicular. A duas quadras dali fica a Casa Museo La Chascona, onde morou Pablo Neruda. O bairro de Bellavista também é o destino para quem quer curtir a noite de Santiago, pois está repleto de alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade.

Sky Costanera

Inaugurado em agosto de 2015, é o prédio mais alto da América Latina, com 300 metros de altitude e uma vista de 360 graus de Santiago. Em menos de um minuto, os elevadores chegam ao topo do mirante. São 61 andares mais um lance de escada rolante para chegar lá. O último andar é aberto e a vista é impressionante, com indicativos dos principais pontos turísticos. O prédio está no Mall Costanera Center, o mais novo e moderno shopping center do Chile, localizado no bairro da Providencia, que recebeu o apelido de “Sanhattan”, uma mescla de Santiago com Manhattan, por conta dos arranha-céus modernos que caracterizam o bairro mais cosmopolita da cidade.

Valle Nevado

Maior centro de esqui da América do Sul, o Valle Nevado é uma atração imperdível para quem deseja conhecer a Cordilheira, tanto no verão quanto no inverno. Tendo sua base situada a 3.000 metros de altitude, no verão o complexo oferece a seus visitantes atividades ligadas aos esportes de aventura, como trekking, mountain bike, cavalgada, além do passeio de teleférico e observação de condores, as aves típicas dos Andes. No inverno, os turistas têm à disposição a maior estrutura de neve do Chile, com capacidade para hospedar mais de 800 pessoas, 44 pistas de todos os níveis, 15 teleféricos, 6 restaurantes, 6 bares, 8 condomínios de apartamentos, spa, fitness center, piscina aquecida, escola de esqui para adultos e crianças.

Vinícolas

O Chile é conhecido pela grande qualidade do vinho produzido em suas parreiras e, bem próximo a Santiago, há diversas opções onde os visitantes podem inclusive degustar os principais rótulos das vinícolas Concha y Toro, Undurruaga, Montes, Santa Cruz e Santa Rita. A dica é contratar o serviço de receptivo da Turistik, que tem vários roteiros em seu portfólio.

Viña del Mar e Vaparaíso

Quem está hospedado em Santiago e deseja conhecer o Oceano Pacífico tem como boas opções as cidades de Viña del Mar e Valparaíso, localizadas a pouco mais de 100 Km. Viña del Mar é o principal balneário chileno, enquanto Valparaíso, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2003, se destaca pela arquitetura e pela vida cultural bastante ativa, principalmente em virtude dos museus de Belas Artes, do Mar Lord Thomas Cochrane, de História Natural e La Sebastiana (outra casa de Pablo Neruda), além da Galeria Municipal de Arte. Assim como o passeio às vinícolas, a dica é consultar a Turistik, que oferece esse tour saindo de Santiago.

Planejando a próxima viagem? Pesquise ingressos para todos os parques de Orlando e chip internacional 4G ilimitado para a sua próxima grande aventura.