Ministério do Turismo apresenta ações para viajantes com deficiência

Tornar o turismo acessível para todos é a meta do Ministério do Turismo. Pensando nisso, a Pasta vem realizando uma série de ações voltadas para a promoção de acessibilidade em atrativos e estabelecimentos turísticos. A ideia é facilitar a viajem pelo Brasil de turistas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. Dentr0 desse cenário, o MTur dispõe de uma importante ferramenta de avaliação de acessibilidade dos pontos turísticos: o Guia Turismo Acessível. As iniciativas foram apresentadas pelo ministro interino do Turismo, Alberto Alves, em uma coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (8) no Rio Media Center, no Rio de Janeiro.

O site colaborativo permite aos internautas a avaliação da acessibilidade de hotéis, restaurantes e atrações diversas. O banco de dados do programa possui cerca de 530 mil estabelecimentos cadastrados. Por tratar-se de um guia que depende da contribuição dos próprios turistas, quanto maior o número de avaliações, mais completo será. Para atender o maior número se turistas, o guia apresenta ainda versões em inglês e espanhol.

“A acessibilidade vem sendo tratada como um tema importante para o segmento turístico e o ministério vem realizando suas ações em três frentes de trabalho: acessibilidade nos atrativos e estabelecimentos turísticos; informação para os viajantes com deficiência e melhoria na infraestrutura dos destinos. Ainda temos um importante caminho a trilhar, mas estamos andando na direção correta”, afirmou o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.

No Guia Turismo Acessível, o turista pode cadastrar, consultar e avaliar restaurantes, bares, meios de hospedagens, lojas, shoppings, museus, atrativos históricos, parques, zoológicos, eventos, cinemas, serviços turísticos e atividades de lazer. Até o momento, o site obteve mais de 456 mil acessos e tem 1,9 mil pessoas cadastradas. O Guia também traz informações sobre os direitos da pessoa com deficiência e orientações para setor turístico. Além de legislações, normas e cartilhas com dicas de como se adaptar e bem receber a pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida, estão disponíveis para leitura e download.

APLICATIVO

O Guia também conta com uma versão em aplicativo disponível nas em inglês e espanhol, apresentados em maio, também de olho nas necessidades dos turistas que vieram ao país para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A ferramenta facilita o acesso às informações de estabelecimentos turísticos conforme o nível de acessibilidade e está disponível para download nas plataformas iOS, Android ou Windows Phone.

DICAS PARA ATENDER BEM

Na última quarta-feira (31), o Ministério do Turismo apresentou, na Casa Brasil, o guia Dicas para atender bem turistas com deficiência, publicação dirigida especialmente aos prestadores de serviço do setor. A cartilha voltada para o atendimento de turistas com deficiência ou mobilidade reduzida ressalta que a acessibilidade é um direito universal que garante a melhoria da qualidade de vida das pessoas, permitindo uma maior autonomia não apenas para pessoas com deficiência, mas para pessoas com mobilidade reduzida, como grávidas e pessoas idosas.

Ao todo foram produzidos 35 mil exemplares do guia, que já está sendo distribuídos a prestadores de serviço turístico de todo Brasil, com maior foco no Rio de Janeiro e cidades do futebol, de forma a auxiliar os profissionais que estão atendendo os turistas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

INVESTIMENTOS

Desde 2006, o Ministério do Turismo investiu mais de R$ 83 milhões em convênios de obras específicas de acessibilidade em várias cidades do país para a melhoria de vida dos turistas com deficiência sensorial ou motora. De acordo com a Portaria nº 112/2013, que trata da celebração de convênios de apoio a obras de infraestrutura turística pelo MTur, os investimentos devem promover acessibilidade às pessoas com deficiência sensorial ou motora ou com mobilidade reduzida.

Vai viajar? Faça sua cotação para ingressos para todos os parques de Orlandochip internacional 4G ilimitado e seguro viagem para a sua próxima grande aventura. Ah, também temos um grupo para Orlando em 2018 que você pode viajar junto com a gente.