Emirates e Gol protocolam acordo de codeshare

Até o final deste mês, Gol e Emirates darão início a um acordo de codeshare que envolve voos da companhia brasileira para mais de 25 destinos. A parceria foi protocolada nesta terça-feira (11) e depende do aval da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Com o acordo, os passageiros poderão reservar voos de diversos destinos, incluindo as capitais Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte, Curitiba e Brasília e fazer conexão em São Paulo ou Rio de Janeiro em voos da Emirates com uma única reserva, check in e verificação de bagagem.

“É o início de uma grande parceria. Para nós é muito valioso ter a marca atrela a Emirates, uma das líderes deste setor”, afirmou Ciro Camargo, gerente de Alianças da Gol, reiterando que a companhia Árabe é muito criteriosa com a escolha dos seus parceiros ao redor do mundo. “Este acordo mostra a importância do público brasileiro para a Emirates. Desta forma, queremos oferecer mais benefícios tangentes aos nossos clientes”, complementou Stephane Perard, diretor Geral da Emitares no Brasil

Com a entrada em vigor da parceria, destinos da América do Sul também poderão ser beneficiados. De acordo com Ciro, voos em codeshare para estes destinos dependem de acordos bilaterais, o que envolve um tempo maior para aprovação das autoridades. “Temos total interesse em ampliar para outros países, mas o processo é mais moroso e burocrático. Portanto, para agilizar o acordo, focamos inicialmente nos destinos domésticos”, explicou Camargo.

Da mesma forma, os passageiros da aérea brasileira terão uma série de destinos operadora pela Emirates como opção, incluindo Índia, África e diversos destinos do Oriente Médio. “Neste primeiro momento, a Emirates pode colocar o seu código nos voos da Gol. Nosso foco é ter certeza de que os passageiros da Emirates embarcarão conosco sem inconvenientes para o seu destino final no Brasil”, destacou o gerente de Alianças da Gol.

A parceria também envolve os passageiros frequentes das duas companhias. Os membros dos programas Skywards, da Emirates, e Smiles, da Gol, poderão acumular e resgatar milhas em voos das duas empresas. “Isso nos forma como líderes junto aos clientes de alta renda. Colocamos à disposição da Emirates nossos 12 milhões de clientes”, disse Carlos Mauad, diretor Comercial do Smiles.

Você também vai curtir: