Guia Las Vegas: O que fazer, hotel, roteiro, dicas e segredos da cidade que nunca dorme

Vamos viajar juntos para Las Vegas?

Las Vegas não pode ser explicada.

Só quando você estiver lá, vai ter certeza de que embarcou para um mundo alternativo. Destino de mais de 42 milhões de turistas por ano que gastam 60 bilhões de dólares por lá, é uma cidade de coisas grandes, não existe diminutivo em nada. Tudo é gigante, exagerado e muito, muito bom.

Meu nome é Nilson Junior, eu sou um viajante profissional que já percorri o Brasil e mais de 25 países pelo mundo trabalhando, estudando e, claro, explorando. Você está no “Um bilhete, por favor” e hoje vai embarcar junto comigo para passar quatro dias em Las Vegas.

A viagem

Existem diversas companhias americanas que fazem a conexão entre o Brasil e Las Vegas. Saímos do Aeroporto de Guarulhos em São Paulo e viajamos até Dallas, no Texas, onde fizemos imigração e esperamos 2 horas pelo nosso trajeto até Vegas. No total, foram 16 horas de viagem, mas o voo noturno ajudou bastante a descansar e já chegar na cidade pronto para descobrir tudo que ela tinha para oferecer.

Hospedagem

Existem centenas de hotéis e milhares de quartos e opções em Las Vegas. É uma das cidades mais turísticas do planeta!

Ficamos em 2 hotéis diferentes na nossa passagem: o primeiro foi o Planet Hollywood, bem no coração da principal avenida da cidade, a The Strip. O hotel é tematizado com filmes de Hollywood e cada quarto possui uma decoração única. Ficamos em um do filme “Peter Pan” com Robin Williams e, dentro do quarto além de quadros com fotos do longa encontramos memorabílias usadas na gravação do filme. Bem bacana!

A diária gira em torno de 70 dólares por noite para um quarto duplo, confortável e com um excelente espaço e um banheiro bem grande para os padrões americanos. Além disso, pagamos 20 dólares para o check-in antecipado, já que chegamos pela manhã no hotel e o horário oficial do check-in era às 4 da tarde. Foi perfeito para subirmos, tomarmos um banho e descansamos depois do voo longo.

Nosso segundo hotel foi o famoso Stratosphere Hotel, o prédio mais alto de Las Vegas. Na cobertura dos 108 andares, um show a parte: atrações radicais como um elevador com queda livre, Skyjump, uma mini-montanha russa e o ‘Insanity’, uma garra que deixa os corajosos girando no vácuo. Só de olhar já deu medo.

Uma boa vantagem de se hospedar neste hotel é que você não paga os 20 dólares cobrados para subir até a torre, onde você também conta com bares, restaurantes e, claro, a melhor vista da cidade. As atrações são cobradas a parte, 15 dólares para cada uma ou 28 pelo passaporte que dá direito a todas. Esse hotel já fica um pouco mais distante da agitação da The Strip, mas de carro ou até andando dá pra chegar rapidamente.

A diária foi de 50 dólares pelo quarto duplo, que achamos bem apertado e um pouco velho para os padrões dos hotéis mais novos.

Uma dica importante sobre os hotéis de Vegas: a diária pode parecer barata a princípio, mas todos os hotéis cobram uma taxa de resort que varia de 15 a 30 dólares por pessoa, por diária. Essa taxa dá direito a usar as comodidades do hotel como piscina, academia e internet. Cada rede e cada hotel tem benefícios e custos diferentes, então vale a pena a pesquisa. Também dá pra pechinchar e pedir um desconto na hora do check-in. Choramos e conseguimos baixar de 30 para 10 dólares por dia o casal nos 2 hotéis. Então, pratica bem o choro em inglês antes de embarcar.

Cassinos

E é claro que o tema que tem que estar num roteiro de Vegas são os cassinos.

Sim, o primeiro você já vai encontrar no desembarque do aeroporto. Máquinas caça-níqueis estão espalhadas por todos os lugares e você já entra no clima da jogatina. Os resorts de Vegas também tem uma característica peculiar: são quase todos interligados, você entra em um e quando percebe já saiu em outro num círculo sem fim de cassinos em que a sensação é de que é noite o tempo todo. Afinal, pode ser 8h da manhã ou meia-noite, sempre vai ter alguém jogando, bebendo e fumando.

Tudo cheira a cigarro e apesar de muita gente levar crianças para Las Vegas para curtir lojas, piscinas e playgrounds, os cassinos são ambiente altamente adultos: garçons sem camisa, modelos de biquíni em cima de mesas de jogo, temas adultos nas máquinas automáticas e muita bebida alcoólica a qualquer momento. Não há janelas dentro dos cassinos exatamente para manter este clima noturno sem fim para você perder horas jogando. Existem máquinas em que a rodada custa apenas 5 centavos e chegamos a pagar apenas 1 dólar por uma cerveja long neck gelada. Não me pergunte se era boa cerveja, mas era barata.

Entretenimento

A maior diversão de Vegas, com certeza, é passear entre os casinos e resorts. Eles são gigantes e chegamos a nos perder em vários. Alguns tem o teto simulando um céu diurno, outros têm rios no meio, outros tem um carrossel feito de flores. Tudo é gigante e você encontra lojas, restaurantes, bares, todo tipo de entretenimento neles, além é claro de uma arquitetura pomposa que por si só já vale a pena a visita. Além disso, você está perto de outros pontos turísticos muito famosos como a represa Hoover Dam e o Grand Canyon e pode fazer viagens bate e volta tranquilamente.

GUIA LAS VEGAS: O QUE FAZER, HOTEL, ROTEIRO, DICAS E SEGREDOS DA CIDADE QUE NUNCA DORME

O complexo do The Link hotel tem as melhores lojas e bares e ainda tem a High Roller, a roda gigante toda iluminada de Vegas. Fomos crentes de que iríamos embarcar, mas depois de descobrir que ela demorava 1 hora e meia para dar a volta completa, desistimos. Vale a pena ir na rua de qualquer forma para tirar foto com a melhor vista da roda-gigante, além de conferir diversas lojas de grifes e famosas no mundo todo.

O Cirque du Soleil tem 7 shows na cidade no momento em diferentes resorts. De shows de mágica a musicais dos Beatles e até shows permanentes de Britney Spears durante o verão, espere gastar entre 30 a 450 dólares por ingresso dos shows mais famosos da cidade.

Transporte

Na The Strip, você pode andar a pé para todos os hotéis, cassinos e shoppings tranquilamente. Mas basta sair 5 metros da agitação principal que você vai precisar de um carro. Como nosso objetivo era fazer toda a viagem até a Califórnia de carro, ficamos com um o tempo todo e usamos para ir para outlets, supermercados e atrações que ficam um pouco fora da The Strip, como a Freemont, o centro antigo de Vegas e seu shopping com luzes de LED no teto e uma tirolesa que atravessa todo o céu do lugar.

Restaurantes

Vegas tem um cardápio imenso de restaurantes e locais incríveis para se alimentar. Os famosos brunchs gigantescos dos resorts permitem comer à vontade a partir de 35 dólares. Restaurantes de redes famosas como Hard Rock Café, Dennys, Bubba Gump, RainForest Café e até a Carlos Bakery também estão por aqui. Chef’s famosos como Gordon Ramsay, que possui 3 restaurantes na cidade, são uma febre. além de famosos e queridinhos e estrelados como o 8oz Korean Steakhouse e o Bendito Latin Kitchen tem menus a partir de 100 dólares por pessoa. Tem para todos os bolsos.
Nosso favorito foi o The Yard House: mais de 150 tipos de cerveja e um cardápio gigante com todo tipo de comida. Provamos nachos, siri gratinado e macarrão com queijo. Depois de algumas bebidas e muita comida, a conta ficou 40 dólares para cada um.

Clima

Las Vegas é uma cidade de extremos no quesito de calor. Com baixa humidade, é muito quente no verão e muito fria no inverno. Se hidratar é primordial, usar protetor solar e protetor labial à todo momento, independente do clima. Como é muito seco , fica fácil passar mal por desidratação e ter problemas de pele por conta do clima.

Compras

Sim, Vegas é um destino de compras também! Adoramos o Fashion Show Mall com sua arquitetura imponente e mais de 400 lojas, mas você tem lojas em quase todos os cassinos e resorts com tudo que você imaginar, de souvenirs à lojas da Ferrari e Masserati onde você pode sair com um carro de 1 milhão de dólares imediatamente. Se curte uma pegada mais indie, vá até o Downtown Container Park, uma galeria com boutiques, restaurantes e música ao vivo. O outlet da cidade fica a cerca de 40 minutos da The Strip na fronteira com Nevada e Califórnia. Não fomos até lá, mas para quem quer comprar muito, deve valer a pena.

Pra quem é indicado?

Definitivamente, é uma cidade para adultos que querem sair um pouco da realidade e encontrar um destino único. Comer bem, beber bem e se divertir é lei por aqui. Considerando a quantidade de pessoas na cidade, a quantidade de eventos como lutas de MMA e boxe e congressos profissionais, a cidade é bem segura e você nunca se sente em perigo mesmo voltando de madrugada para o seu quarto de hotel. Perfeita para uma viagem entre amigos e casais, Las Vegas é a cidade dos exageros.

GUIA LAS VEGAS: O QUE FAZER, HOTEL, ROTEIRO, DICAS E SEGREDOS DA CIDADE QUE NUNCA DORME

Passamos 4 dias em Las Vegas e um dia usamos para ir e voltar do Grand Canyon. No geral, recomendamos muito 3 dias na cidade para aproveitar o melhor que ela pode oferecer. Vimos Elvis Presleys celebrando casamentos, noivos e noivas bebendo pelas ruas, mulheres circulando de biquíni à meia-noite. Tem de tudo! Se você curte jogar ou é baladeiro profissional, vale a pena esticar por um dia ou mais. É um dos lugares mais divertidos do mundo, com certeza.

Não esqueça de desacelerar um pouco e curtir as piscinas dos hotéis com um drink a tira-colo e apreciando a movimentação dos turistas, é uma experiência única.

Essa foi a nossa experiência em Las Vegas. Espero que vocë tenha curtido e, se você é novo por aqui, aperta o botão vermelho para se inscrever no canal e acompanhar mais dicas, roteiros e guias como esse e segue a gente nas redes sociais para ver as nossas aventuras pelo mundo: Facebook e Instagram. Eu sou Nilson Junior, muito obrigado por assistir, até a próxima grande aventura e, claro, boa viagem!

Vai viajar? Faça sua cotação para ingressos para todos os parques de Orlandochip internacional 4G ilimitado e seguro viagem para a sua próxima grande aventura. Ah, também temos um grupo para Orlando em 2018 que você pode viajar junto com a gente.