O maior erro dos marinheiros de primeira viagem

Todo marinheiro de primeira viagem comete um erro fatal na viagem. Quer saber qual é? Confere no vídeo de hoje.

A primeira viagem é a mais complicada

E é fácil cair em vários contos: Orlando só tem fast-food. Preciso fazer todos os parques. Vou ficar num hotel bem no cento turístico. Cada viagem é uma viagem diferente, mas na maior parte das vezes, isso é uma roubada.

Continuar comendo comida brasileira, repetir roteiros à risca de outros viajantes ou blogueiros ou youtubers e não interagir e conhecer e pegar as dicas dos locais são todos resultados do mesmo pacote: não mergulhar na cultura local.

Todo mundo acaba indo nas mesmas lanchonetes, acaba indo só na Estátua da Liberdade ou na Torre Eiffel ou naquele restaurante que viu na revista e que tem uma fila gigante e acaba com todo o seu orçamento. E a real experiência de saber como é viver em Paris, Nova York, Orlando, Miami, Califórnia ou qualquer outro lugar do planeta? Pois é, passou longe.

Os moradores nascidos e criados na cidade sempre recepcionam bem e adoram receber turistas e dar aquelas dicas que só eles podem saber, vivendo ali todos os dias.

A cultura, a comida, as atrações. Não importa se o destino é super turístico ou super desconhecido, sempre tem algo incrível para ser descoberto, mas os marinheiros de primeira viagem que seguem roteiros pré-definidos sem nenhum espaço para abrir a mente acabam nunca conhecendo.

O pior erro é não mergulhar no local e ser sempre um turista. Seja um viajante!

Vai viajar? Faça sua cotação para ingressos para todos os parques de Orlando e chip internacional 4G ilimitado. Ah, também temos um grupo para Orlando em 2018 que você pode viajar junto com a gente.